sábado, 16 de fevereiro de 2013

Angelita Martinez


Angelita Martinez, atriz, cantora e bailarina, nasceu em São Paulo, SP, em 17/05/1931, e faleceu na mesma cidade em 13/01/1980. Era filha do jogador Bartô Guarani, que fez sucesso no Clube Paulistano. Começou sua carreira artística na década de 1950, no  Teatro de Revista. Foi uma vedete de um visual incrível, tanto que figurou na lista das "Certinhas do Lalau".

Entre vários prêmios que recebeu, destaca-se o de "Rainha das Vedetes", em 1958. Estreou no cinema em 1960, no filme Pequeno por Fora.

Em 1962 Angelita alcançou enorme sucesso com a marcha Mané Garrincha, em homenagem ao jogador de futebol Garrinha, composta por Jorge de Castro, Wilson Batista e Nóbrega de Macedo.

Em 1966, fez o filme 007 1/2 no Carnaval. Fez poucos filmes, dedicando-se mais à carreira de cantora e bailarina.

Na década de 1960, apresentou na televisão o programa "Espetáculos Tonelux". Morreu em 13 de Janeiro de 1980, aos 48 anos de idade, vítima de leucemia, em São Paulo.

Gravações

Bolha d'água (Jorge de Castro e Wilson Batista) 1959 Marcha
Coitada da Madame Butterfly (C. Morais, L. de Carvalho e Utrini) 1964 Marcha
Ilha do sol (Jota Junior e João de Barro) 1966 Marcha
Mais uma taça (s/ basquetebol) (Jorge de Castro e Wilson Batista) 1958 Samba
Mané Garrincha (Jorge de Castro, W. Batista e Nóbrega de Macedo) 1958 Marcha
Mangueira meu berço (Wilson Batista, Jorge de Castro e Átila Nunes) 1959 Samba
Marcha da Tosca (Carlos Moraes) 1966 Marcha
Maus conselhos (Nóbrega de Macedo e Jose Batista) 1958 Samba
Rainha da Mangueira (Ary Barroso) com Jorge Veiga 1971 Samba

Fonte: Memória da MPB

Um comentário:

  1. Ela gravou também um compacto pela gravadora Caravelle, com as músicas "A blusa do Flamengo" e "Samba Rubro-negro". No compacto não traz o ano e por buscar essa informação é que cheguei até o blog.

    FlaMúsica
    Memória Musical Rubro-Negra

    ResponderExcluir