segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Carvalhinho

Carvalhinho
Carvalhinho (Rodolfo da Rocha Carvalho), ator e comediante, nasceu em Recife, PE, em 24/05/1927, e faleceu na cidade do Rio de Janeiro, RJ, em 01/03/2007. Iniciou sua carreira no final da década de 40 no cinema e no teatro, inicialmente como Rodolfo Carvalho.

O Carvalhinho surgiu como seu nome artístico definitivo apenas na década de 60, quando já era conhecido por muitas peças e várias comédias não cinema.


Seus trabalhos mais importantes foram em nenhum cinema: "Dona Xepa" em 1959; "Como ganhar na Loteria Esportiva Sem perder um" em 1971; "O Varão de Ipanema" em 1976, "O Homem de Seis Milhões de Cruzeiros Contras como Panteras" em 1978; "Bububu não Bobobó" em 1980 e "Irma Vap - O Retorno" em 2006, que foi seu último trabalho.

Ao longo de uma carreira de quase 60 anos ele participou de quase 30 filmes e fez inúmeras peças de teatro, além de ter feito parte do Elenco de humorísticos como "Balança Mas Não Cai" e "Zorra Total".

Ele também esteve presente nas novelas "Deus Nos Acuda", "Da Cor do Pecado" e "Torre de Babel", além da minissérie "Agosto", todas produções da Rede Globo.

Não teatro, Carvalhinho fez sucesso em "A Gaiola das Loucas" ao lado de Jorge Dória, espetáculo com o qual viajaram pelo País todo e também se arriscou como autor, Escrevendo uma comédia "O Amante do Meu Marido", montada no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Carvalhinho passou mal em sua casa após o jantar e mesmo levado às pressas para um hospital na Zona Norte do Rio de Janeiro não resistiu a um ataque cardíaco.

Fonte: Famosos que partiram; Dramaturgia Brasileira - In Memoriam.